É, pois é, enquanto a ciência e os governantes do mundo inteiro lutam para vencer a pandemia, o presidente Bolsonaro, preocupa-se com os filhinhos e fofoquinhas sem provas e contra provas.

O covid-19 está comendo solto no Brasil, quantas mortes ainda teremos que ver? Ou talvez morrer?

Então… O Brasil não participou na reunião da Organização Mundial da Saúde (OMS), no dia 24.04.2020, ficou fora, porque será?

Talvez o Plano B, esteja na pauta governamental brasileira, entre briguinhas e blábláblá do Moro, Bolsonaro, filhos & cia., o foco da pandemia foi desviado, aiii…disse me disse e depois, não disse nada, todo BBB gosta. E, claro que a influência nefasta do Mister Trump sobre o Bolsonaro, fez com que o Brasil ignorasse essa reunião imprescindível e essencial para a reabilitação de toda a humanidade.O descaso e a falta de visão global, faz do presidente e os seus assessores, um atentado à saúde pública.

Enquanto isso, os governantes do mundo se encontram para acelerar a cura. ” O mundo olha os líderes esperando ação” – Carlos Alvarado, presidente da Costa Rica e representante da América Latina no encontro. Certamente, as lentes do mundo deletaram o Brasil.

A OMS rebateu as críticas de Bolsonaro contra o diretor-geral, Tetros Adharom Chabrezeus, a diplomacia mundial manifestou um profundo mal-estar contra o presidente brasileiro.

Na sua live de quinta-feira, o “Mito das Cavernas” perguntou: “O pessoal fala tanto da OMS, né?” « O diretor da OMS é médico? Não é nem médico”.

Engano seu, leia a biografia por favor do Tetros, antes de balançar palavras soltas ao vento.

Tetros é formado em biologia com mestrado em imunologia de doenças infecciosas pela Universidade de Londres, tem doutorado em Saúde pela Universidade de Londres, considerado especialista e lider em respostas de emergências e epidemias. Atuou como ministro da saúde da Etiópia entre 2012 – 2015.

 Sei que muitos vão dizer que, a OMS estava de aconchavo com a China e mimimimi, ok, pode ser, mas agora não é hora de lavar roupa suja na sala de emergência do mundo, é hora de união contra o vírus que já passou do limite dessa dimensão, levando com ele muitas almas.

Os líderes mundiais se reuniram para criar uma nova aliança internacional visando acelerar a produção e distribuição de tratamentos para lidar com a pandemia e garantir a chegada de uma vacina no mercado em tempo recorde. 100 vacinas estão sendo preparadas, sendo que 3 delas, já estão sendo testadas.

O mundo focado na salvação e o Brasil focado na discórdia entre egos totalitários.

Oremos!

http://www.youtube.com/watch?v=4HFbUzzpUoE

Por Miriam Rey