Quem se cala diante da realidade é conivente com a situação. Eu vivi o suficiente para ter um pouco de visão e analisar a verdade, não me deixo conduzir por discursos inflamados e distorcidos. Este artigo não é contra ninguém , é simplesmente a minha opinião.

O irracionalismo, as contradições, as negações dos fatos, das evidências e de suas consequências são práticas há muito tempo usadas na história da humanidade, principalmente por aqueles que detém o poder, levando ao fanatismo individual e coletivo.

A frase repetida por multidões de brasileiros – « É a minha opinião e ponto », sem argumentos inteligentes, é a prova que, muitos deles seguem um líder irrracional.

 O presidente Bolsonaro sempre agiu dentro da linha ofensiva às minorias, aos que são contra as suas decisões, fazendo uma política sem bases e jogada ao vento, com frases de impacto, declarando e depois se arrependendo, com o intuito de manipular e arrebanhar seguidores do mesmo padrão intelectual que o seu.

Com baixo nível de inteligência e sem conhecimentos amplos em todas as áreas do governo, ele serve como peão de um objetivo bem maior do que imaginamos.

Não me surpreende todas essas manifestações em frente ao Planalto em Brasília, com a presença do presidente, apoiando os seus « seguidores-radicais », fechando os olhos para as agressões das enfermeiras que faziam uma manifestação pacífica, aos jornalistas que são a pedra no seu sapato, indo contra as medidas sanitárias da pandemia, enquanto o vírus come solto, e, o Brasil poderá ser o segundo maior país infectado do mundo, provocando aglomerações e contaminações, e, indiretamente incentivando o fechamento do Congresso Nacional e a volta do AI 5.

Ainda no quadro das intenções nefastas, a troca do Ministro da Saúde, que estava fazendo um excelente trabalho, pois, não era de acordo com a abertura da economia e o não confinamento, como propunha o Bolsonaro. Depois, a demissão do Ministro da Justiça, que já não servia mais para espionar os seus filhinhos nos processos junto à Polícia Federal. A troca do Diretor da PF, um conhecido e talvez amigo.

As ofensas e descréditos à OMS, que tenta salvar vidas no mundo inteiro. Aliado de Trump e Israel, fechado com as políticas neoliberais. Agora eu pergunto: Por que as bandeiras dos EUA e de Israel estavam na última manifestação ? Então, não importa o simbolismo ?

Bolsonaro chama à população para o trabalho, enquanto o número de mortes pelo covid 19 têm estatísticas falsas divulgadas pelo governo.

O circo está montado, Sérgio Moro diz ter provas contra o presidente, os que desejam um país melhor, torcem por essas provas. O presidente tenta comprar o Centrão, oferecendo cargos, prevenindo-se da votação do impeachment.

Enquanto isso, Bolsonaro reúne apoiadores, pois, quer manter os 30% da população que ainda estão compactuados com ele, sabendo que, todo poder emana do povo, e, que no impeachment da Dilma ou do Collor de Mello, eles tinham menos de 10% de aprovação da nação. Esperto, porque sabe que essa cotação influencia na decisão do Congresso.

É evidente que, os seus pronunciamentos chocam a uma boa parte do país. Eu me pergunto, como pode um chefe de Estado de 200 milhões de almas, ter uma conduta assim.

É um modo operacional planejado, desrespeitado às regras, contra o cientificamente comprovado, criando adeptos ditos “Bolsomions” formados por negacionistas da ciências, probres, ricos e classe média, da fé medieval, de certas correntes neopentecostais, que, acreditam nas forças exteriores vindas da China e de forças interiores « comunistas » para derrubar o governo.

Essa ignorância fanática coletiva vem desde os tempos das eleições : fakenews, calúnias, difamações contra os adversários e a troca da antiga política em nome da nova política, não existe antiga ou nova, existe sim, a boa política. Evidências de um plano bem elaborado.

E, é para esse público que o Bolsonaro dirige a palavra, além de ser apoiado pelas milicias, igrejas evangélicas e talvez, por uma parte das Forças Armadas de baixo escalão.

Como pode ? Pode sim e vai ficar pior.

O golpe programado por Bolsonaro & cia. pode tornar-se uma realidade.

Esse homem deve sair do poder e rápido, antes que a “Ditadura Bolsonarista » tome conta do Brasil.

Chora, Pátria Amada!

Por Miriam Rey

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn