Ficamos 51 dias em isolamento social, a Suíça reagiu bem à pandemia, não tivemos saturamento de hospitais, leitos de UTI e equipamentos medicais. ( Foto: Miriam Rey)

Todos os dias às 21h a população da Suíça aplaude de suas janelas, o corpo medical, os caixas de supermercados, os faxineiros, motoristas e outros que cotinuaram trabalhando para que todos nós pudéssemos nos salvar dos contágios. Obrigada !

 Quando começou as contaminações, o Conselho Federal classificou a situação como « especial » assumindo o poder para tomar decisões pelos 26 cantões nos termos da « Lei sobre Epidemias », é a primeira vez que o dispositivo é aplicado, impondo medidas de ordem.

Tivemos 30 175 casos de contaminados e 1845 mortos, até o dia de hoje. A curva de contaminações depois do confinamento baixou enormemente e os mortos também. Cofirmando que, não tendo hospedeiros o vírus não se propaga.

Segunda-feira, 11 de maio, o « Plano B – Desconfinamento » foi aplicado, bares, restaurantes, lojas, escolas obrigatórias e as entradas nas fronteiras facilitadas, tentando recuperar um pouco a economia que trouxe prejuízos calculados em mais de 4 bilhões de francos.

Porém, a abertura tem certas condições, distanciamento de 2 metros, máscaras em lugares públicos, tais como, transporte urbano, lavagem de mão antes e depois de entrar nos locais, redução do espaço e número de pessoas na entrada dos comércios.

Reunião de mais de cinco pessoas continua proibida. Evento com mais de 1000 pessoas estão proibidos até o final de agosto. No dia 08 de junho está previsto à abertura de escolas profissionais, de ensino médio e universidades. As pessoas com mais de 65 anos deverão continuar em suas casas, saindo somente para o necessário, supermercado, farmácia e consultação medical.

As pessoas fora da família já poderão assistir os funerais de seus amigos.

Todos os principais jogos de futebol e hockey no gelo foram suspendidos, assim como inúmeros eventos sociais e culturais, entre eles, Salão Internacional do Automóvel ; Feira de Relógios Baselworld ; Festival de Cinema de Fribourg ; Festival Internacional do Cinema e Fórum dos Direitos Humanos em Genebra.

Outras decisões sobre abertura de locais de lazer e entretenimento serão divulgadas no final de maio.

O governo lançou um pacote de ajuda econômica emergencial de 42 bilhões de francos, de forma rápida e não burocrática, priorizando os trabalhadores e as empresas de continuarem a receber os seus salários.

Para maiores informações entrem nos links abaixo :

https://www.bag.admin.ch/bag/en/home/krankheiten/ausbrueche-epidemien-pandemien/aktuelle-ausbrueche-epidemien/novel-cov.html#903671355

https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019

https://www.eda.admin.ch/eda/fr/dfae/representations-et-conseils-aux-voyageurs/fokus/focus5.html

https://gisanddata.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6

Ainda não vencemos a guerra contra o Covid-19, vamos ter a maior atenção, evitando aglomerações, nos protegendo e continuando na determinação do semiconfinamento.

Os tempos mudaram, agora somos um só, separados na batalha da proteção do « TODO”.

Por Miriam Rey

 

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn