O Conselho Federal tomou medidas drásticas contra o coronavírus

Proibição de reuniões de mais de 100 pessoas, fechamento de todas as escolas, ajuda emergencial de 10 bilhões para a economia e reintrodução de controles em todas as fronteiras.

Para evitar a contaminação e coibir a disseminação do vírus, a população deve manter distância, uns dos outros, justifica o governo. Escolas obrigatórias, ginásios, universidades e centros de treinamento estarão fechados até 4 de abril. Serviços de acolhimento de crianças podem ser oferecidos para crianças em idade escolar.

A medida visa impedir que os avós tomem conta das crianças. Estes últimos estão, frequentemente, entre os grupos particularmente vulneráveis ​​e devem ser protegidos.

Os bares, restaurantes e boates não podem receber mais de 50 pessoas.

O Conselho Federal está examinando a possibilidade de conceder apoio financeiro de até um bilhão de francos às empresas particularmente afetadas. Esse apoio deve permitir que eles tenham a liquidez necessária durante a crise.

Um suporte financeiro será fornecido para o esporte e a cultura. Para as organizações esportivas voluntárias, será dada uma contribuição de 50 milhões de francos. O Conselho Federal também pretende conceder empréstimos reembolsáveis ​​sem juros, para as equipes esportivas profissionais.

O governo também decidiu reintroduzir os controles do Espaço Schengen em todas as suas fronteiras, com efeito imediato e caso a caso. As restrições serão particularmente mais rígidas na fronteira com a Itália. Somente cidadãos suíços, pessoas com autorização de residência e aqueles que vierem trabalhar poderão entrar na Suíça.

O trânsito e o transporte de mercadorias permanecerão autorizados. O Conselho Federal baseou-se nas medidas implementadas pelo governo italiano.

O virus mais viralizado no momento! Espero que ele seja passageiro !

Vamos vencê-lo !

Por Miriam Rey

 

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn