Leny Costa, natural do Norte do Brasil, autodidata, iniciando sua trajetoria literaria em 2012 com o lançamento do livro O Elo (literatura fantástica) em São Paulo, em 2014 lançou o livro Nicho de Borboletas (Romance) em Portugal.

Em 2018 lançando mais très livros;

IMG 20180316 130854522

– Apuâ – O menino índio (um livro infantil, conta as aventuras de um menino indio que tem muito amor pela natureza).

– Pijama, Café & Pensamentos (um livro que narra às aventuras hilariantes da personagem Tina e sua vida em comunidades).

– O Dragão Dragolino (uma história infantil sobre dois amigos, que vivem uma aventura interessante, com desenhos para pintar).

Escreve também poemas, poesias, artigos, contos, romances, gosta do estilo moderno dos Poemas, admira a poesia liríca, cantada em verso e prosa, e a poesia arrojada e destemida, com um enquadramento dentro da rima.

*Façe parte da Académie de Lettres et Arts Luso-Suisse- ALALS- Genéve-Suiça.

*Antologias que participou: A Poesia da Imagem; Caravanas em Viagem.

*Recebeu o Troféu “Impresa Sem Fronteiras” na Categoria Literatura da Rede Mídia de Comunicação e Editora Sem Fronteiras, em comemoração ao 4º aniversário do Jornal sem Fronteiras em 16\03\2017 – Lisboa \ Portugal.

*Participou com o livro O Elo na 31º Feira do Livro de Geneve (26 a 30 Abril de 2017).

*Dessa sua participação escreveu um artigo sobre a 31° Feira do Livro de Genève cujo titulo foi (Autores, Pessoas, Livros e Histórias) e que foi publicado na Revista Reporter X edição de Maio de 2017.

pizap.com15127578453101

” Tudo podemos, quando nos cercamos de pessoas que desejam o mesmo e que trabalhem em prol de algo, que possa ser dividido entre todos, nem menos e nem mais, igualmente!”

 

Redação hebdolatino