O grupo brasileiro Natiruts se apresentará no dia 21 de agosto, no Parc de la Grange, no programa de Musiques en été 2019.

O grupo de reggae Natiruts foi formado em 1996, em Brasília, por Alexandre Carlo, com o nome de Nativus. A banda destacou-se na cena universitária local até conseguir a oportunidade de gravar seu primeiro disco no Rio de Janeiro. O álbum de estreia do grupo, o homônimo “Nativus”, foi lançado em 1997 e teve como destaque as canções “Liberdade Pra Dentro da Cabeça”, “Presente de Um Beija-Flor” e “Deixa o Menino Jogar”, responsáveis por abrir as portas para o sucesso da banda no mercado fonográfico brasileiro. O disco rendeu ao grupo seu primeiro disco de platina e turnês por todo o Brasil.

Povo Brasileiro

Em 1999, o grupo, já rebatizado de Natiruts, lançou o disco “Povo Brasileiro”, produzido por Liminha. O trabalho recebeu o disco de ouro e emplacou as faixas “Eu e Ela”, “O Carcará e a Rosa” e “Meu Reggae é Roots”, que figuraram entre as mais tocadas das rádios brasileiras naquele ano.

Verbalize

O ano de 2001 foi marcado pelo lançamento de “Verbalize”, produzido pelo lendário produtor Tom Capone. A faixa-título, bem como “Andei Só”, alcançaram o topo das paradas de sucesso das rádios brasileiras e o grupo realizou seus primeiros shows em terras estrangeiras.

Quatro

Em 2002, o grupo repetiu a parceria com Tom Capone e lançou o álbum “Quatro”, com um repertório formado por canções que misturavam elementos do reggae roots, gênero musical popularizado por Bob Marley, com a música popular brasileira. O trabalho teve como destaque as faixas, “Bob Falou”, “Naiticongo” e “Leve com Você”.

Nossa Missão

Após encerrar o contrato com a EMI e voltar a ser independente, a banda lançou “Nossa Missão”, um álbum marcado pela mudança do estilo do grupo, deixando o reggae roots e aproximando-se do Dub, vertente mais psicodélica do reggae, que utiliza elementos experimentais, como efeitos eletrônicos. A produção foi assinada pelo próprio Alexandre Carlo, vocalista e principal compositor do Natiruts. A canção “Quero Ser Feliz Também” conquistou o primeiro lugar nas rádios brasileiras e o clipe de “Não Chore Meu Amor”, com a participação de Lirinha, foi um enorme sucesso de visualizações.

Natiruts Reggae Power

O primeiro CD e DVD ao vivo do grupo foi lançado em 2006 para comemorar os 10 anos de carreira da banda. Gravado no Credicard Hall, em São Paulo, o repertório trouxe a inédita “Natiruts Reggae Power”, que se tornou fenômeno nacional. O trabalho conquistou o DVD de Ouro e a turnê de divulgação bateu recordes de público no Brasil e no exterior.

Raçaman

O disco “Raçaman” foi lançado em 2009 e contou, novamente, com a produção de Alexandre Carlo. Mixado em Londres pelo lendário Mad Professor, um dos maiores representantes do dub jamaicano, o trabalho trouxe uma sonoridade mais moderna às músicas do grupo.

Natiruts Acústico

Em 2012, a banda retornou com “Natiruts Acústico no Rio de Janeiro”, seu segundo CD/DVD ao vivo, em comemoração aos 15 anos de carreira do grupo. Gravado no Mirante Dona Marta, o trabalho recebeu uma indicação ao Grammy Latino de 2013 na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro e conquistou o DVD de platina.

#NoFilter

Em 2014, a banda lançou o álbum “#NoFilter”, um registro ao vivo do show realizado na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro. Além dos sucessos do grupo, o repertório também contou com releituras de músicas da Legião Urbana, Charlie Brown Jr. e Os Paralamas do Sucesso.

Natiruts Reggae Brasil

Em 2016, o grupo lançou mais um CD/DVD ao vivo: “Natiruts Reggae Brasil”. A gravação aconteceu em Salvador e reuniu muitos dos principais nomes do reggae e do pop nacional, como Gilberto Gil, Edson Gomes, Ivete Sangalo, Toni Garrido, Saulo Fernandes e DM de Boa, Armandinho, Marcelo Mira (Alma Djem), Zeider Pires (Planta & Raiz), Hélio Bentes (Ponto de Equílibrio), Tati Portella e Sander Fróis (Chimarruts), Duda Diamba, Marceleza (Maskavo), Edu Ribeiro e Sine Calmon.

Índigo Cristal

Seu sétimo álbum de estúdio, “Índigo Cristal”, foi lançado em 2017 e deu pontapé inicial a uma grande turnê pela América Latina, com apresentações em países como Chile, Uruguai, Argentina, México e Paraguai. Com ingressos esgotados, a turnê seguiu pelo Brasil afora.

I Love

Em 2018, o disco “I Love”, gravado no estúdio Zeroneutro, em Brasília, e com produção de Alexandre Carlo, trouxe canções que transitam por ritmos de diversas partes do mundo com interpretações no melhor estilo Natiruts.

Eu vou prestigiar, vamos?

Por Miriam Rey

http://www.youtube.com/watch?v=WVLcMphrbUg

http://www.youtube.com/watch?v=kkGDWRIe8rs

http://www.youtube.com/watch?v=t0a1-EKMuxw