A música de São Jorge confunde-se com
impressões do antes
Salve Jorge !

Entre o pensamento que materializa
desejos fúteis,
reais
e,
outros ainda,
efêmeros
circulando no meu domingo
de pingos ralos de neve

A vela está acessa
transborda otimismo
fé e foco nas sombras
das paredes da alma

A palavra é autoajuda
As sensações são invasores do bem
A paz reina nos meus cantos
e tudo pode ser maior

Humildemente agradeço
pelo dia de amanhã
e pela manhã visualizo
o outro e seguinte raiar

Sempre na corda bamba do destino humano
visto aquilo que me ensinaram
aquilo que vi
senti
experimentei

Pode ser outra coisa hoje
peço por isso,
destroçando a zona de conforto
alimento as ondas da atração

E tudo é igual ao ontem
e tudo é tão diferente
na esperança das surpresas.

 Miriam Rey