Comunidades afetadas por Belo Monte serão ouvidas no Congresso

A liberação das obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte só vai acontecer depois que o Congresso Nacional realizar e aprovar a consulta às comunidades afetadas. De acordo com o desembargador Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), que relatou o processo que determinou a paralisação das obras, os parlamentares também terão que editar um novo decreto legislativo autorizando as obras em Belo Monte.

O relator do embargo, Souza Prudente, disse que atitude do governo com as comunidades foi ditatorial.

Lee mas